Fique esperto: dicas importantes para quem vai viajar com crianças

Quem tem filho sabe: todo cuidado é pouco! E a atenção com os pequenos precisa ser redobrada durante as viagens. Confira, abaixo, algumas dicas para escolher o destino, como entreter as crianças no trajeto e o que observar para se precaver de possíveis perigos e dores de cabeça.

DESTINO

Bebês e crianças até 3 anos
Escolha um destino de sua preferência. Nessa idade, os filhos ficam felizes de estar onde os pais estão

4 a 7 anos
Inclua programas que interessam a elas também, como ver bichos

7 anos ou mais
Dê um toque de aventura à viagem, com passeios de bugue, barco, etc.

VIAGEM

– Horário: viajar durante a noite é mais fácil para a criança, que tem mais facilidade para dormir no avião ou no carro

– Leve brinquedinhos, filmes e joguinhos para entreter os pequenos no caminho

No avião
– Chiclete, chupeta ou a amamentação ajudam a criança a não ter dor de ouvido na decolagem e no pouso

– Crianças até dois anos não pagam passagem, desde que estejam no colo dos pais. Informe-se sobre a disponibilidade do cinto de segurança canguru. Mas, vale lembrar que o ideal é que elas voem em assento individual, em cadeirinhas.

No carro
– Faça paradas para que as crianças descansem, usem o banheiro e se alimentem. Uma parada a cada 1h30 ou 2 horas pode ser uma boa medida para testar como elas se comportam nas primeiras viagens

– Cadeirinha devem ser adequadas com a idade. Ao alugar um veículo, verifique se a locadora oferece o serviço. Caso contrário, leve a sua.

CUIDADOS BÁSICOS

– Fique de olho nos pequenos. Afogamento é a segunda principal causa de morte infantil no país – crianças podem se afogar em apenas 2,5 cm de profundidade

– Antes de entrar na piscina, verifique se o ralo não está sugando a água com muita força

– Certifique-se se o hotel ou pousada tem salva-vidas na área da piscina

– Coloque o endereço da hospedagem e telefones de contatos na mochila dos filhos mais velhos. Nos pequenos, vale apostar em pulseiras com todas as informações

– Escolha hotéis que sejam perto da praia e passeios acessíveis. Andar muito carregando a criança e todos os apetrechos pode se tornar um pesadelo

– Repasse o protetor solar a cada duas horas e sempre após as crianças saírem da água. Bebês precisam de cuidados especiais, como sombras e roupas frescas, já que não se recomenda o uso de produtos químicos na pele

– Deixe o repelente sempre na bolsa. Use repelente indicado para a idade de seu filho

Nossas avaliações

Confira nossa pontuação nos principais sites de reservas