Vinda de turistas ao Brasil sobe 55% sem visto obrigatório

A presença de turistas dos Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá no Brasil cresceu 55,3% entre junho e setembro deste ano, em comparação com igual período de 2015. Nesses meses não foram exigidos vistos de entrada para cidadãos destes países, em uma medida do Ministério do Turismo para incrementar o fluxo de visitantes, principalmente no período olímpico.

Segundo dados do Ministério do Turismo e da Polícia Federal, passados pela Embratur à PANROTAS, de junho a setembro de 2015, quando eram exigidos os vistos, foram 105.013 turistas desses países chegando ao Brasil. Já no mesmo período deste ano, sem a exigência do documento e com os Jogos Olímpicos funcionando como atrativo, a quantidade subiu a 163.104 mil.

O número de turistas dos Estados Unidos cresceu 47%, saltando de 77,4 mil para 113,8 mil. Do Japão o percentual de crescimento foi de 61%, passando de 13,6 mil para 22,1 mil. Do Canadá, o crescimento foi de 84%, pulando de 7,3 mil para 13,5 mil. Já a Austrália, apesar do menor número absoluto, teve a maior taxa de crescimento: o número de visitantes australianos saltou de 6,5 mil para 13,6 mil, aumento de 107%.

O benefício dado a estes países se encerrou no dia 18 de setembro, e o Ministério do Turismo já aprovou a fixação da medida em pelo menos um ano, para que os turistas dos quatro países possam vir ao Brasil sem a exigência de vistos. Implementar a medida, no entanto, depende de alterar o Estatuto do Estrangeiro.

O ministro do Turismo Marx Beltrão já se encontrou com o ministro das Relações Exteriores, José Serra, e apresentou uma proposta para testar a isenção de vistos. Segundo o MTur, a ideia foi bem aceita pelo ministro Serra.

Nossas avaliações

Confira nossa pontuação nos principais sites de reservas